MASSIMO CANEVACCI FAZ PALESTRA GRATUITA DENTRO DO PROJETO "FÉRIAS NO DRAGÃO"


O Dragão do Mar oferta desde o dia 06 de janeiro, uma extensa e diversificada programação neste período de alta estação, através do projeto “Férias no Dragão – Ceará em Alta”, que prossegue até o dia 18 de fevereiro com dezenas de atrações em música, teatro, dança, cinema e artes visuais, em sua maioria gratuitas, realizadas nos vários espaços do Dragão do Mar. 

E nesta quarta-feira (18), o Dragão do Mar, em parceria com o programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal do Ceará (UFC), realiza Conferência com a participação da socióloga e professora da UFC, Glória Diógenes e do aclamado antropólogo e escritor italiano Massimo Canevacci, que falará sobre "Arte, Cidade e Narrativas Visuais”, às 19h, no auditório do Dragão do Mar, além do lançamento do Dossiê Especial da Revista de Ciências Sociais da UFC, volume 47, número 1. Acesso gratuito, com vagas limitadas à capacidade do espaço.

Massimo Canevacci

 Referência internacional na área de comunicação museal, Canevacci atua desde 1984 no Brasil como pesquisador convidado. É autor de “A cidade polifônica”, da editora Studio Nobel (1993), considerada uma obra fundamental para compreender a antropologia urbana por meio da mídia e da arquitetura.

Massimo Canevacci

É professor de Antropologia cultural da Universidade La Sapienza, em Roma, e integra o Instituto de Estudos Avançados (IEA) da Universidade de São Paulo. O etnógrafo é o criador e diretor da revista Avatar e da revista eletrônica ZON/A, especializada em temas ligados à antropologia, comunicação e artes visuais. Em 1995, recebeu o titulo de Comendador da Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul, pelas mãos do então presidente Fernando Henrique Cardoso, por sua pesquisa em São Paulo intitulada "A Cidade Polifônica". Nesse premiado ensaio sobre a antropologia da comunicação urbana, ele fala sobre o perder-se urbano, a partir de sua própria experiência quando da primeira vez que esteve em São Paulo em 1984. A experiência de perder-se, nas palavras do antropólogo, é vertiginosa nessa metrópole.

Nascido em Roma em 12 de agosto de 1942, Massimo Canevacci mora em São Paulo e é casado com a artista Sheila Ribeiro. Antropólogo italiano conhecido por seus trabalhos e estudos sobre metrópoles, cidades polifônicas e sincretismos, interessou-se ainda pela Antropologia da Família, organizou textos e uma introdução que reconstitui a pluralidade das relações de parentesco nas sociedades ocidentais, orientais e nativas (ou "selvagens" no sentido de Lévy-Strauss); Antropologia do Cinema, onde trabalha a questão do sagrado tendo como objeto a questão imagética; Antropologia do Indivíduo, como em “São Paulo, a cidade Polifônica”, por encontrar nessa metrópole diversas lógicas e uma recepção ao híbrido, ao sincrético, ao héteros (as diversas alteridades no interno de cada um).


Serviço: “Férias no Dragão” - Palestra com Massimo Canevacci
Dia: 18 de janeiro de 2017
Hora: 19h
Onde: Auditório do Dragão do Mar
Acesso gratuito


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

EXTRA FAZ CONTAGEM REGRESSIVA PARA A BLACK FRIDAY COM OFERTAS ANTECIPADAS

FUÁ DA SIL COMEMORA 2 ANOS

FORTALEZA SEDIA PELA PRIMEIRA VEZ 11TH ABCI CONFERENCE