FORTALEZA GANHA EXPOSIÇÃO DE HENRI MATISSE


A CAIXA Cultural Fortaleza apresenta até o dia 10 de setembro a exposição Henri Matisse - Jazz, com obras do pintor, desenhista e escultor francês Henri Matisse (1869-1954). A mostra reúne 20 pranchas impressas com a técnica aupochoir, feitas especialmente para o álbum Jazz, publicado em Paris, em 1947. Foram impressos 250 álbuns, destes, dois estão no Brasil. As obras ora apresentadas pertencem ao exemplar 196, que integra o acervo dos Museus Castro Maya. A curadoria da exposição é de Anna Paola Baptista, curadora do Museu da Chácara do Céu.

“O mais belo livro de arte do século XX”. Com estas palavras, o crítico de arte Paulo Herkenhoff sintetiza o belíssimo conjunto de desenhos feitos com tesoura, técnica desenvolvida por Matisse no início da década de 1940. Obrigado a passar longos períodos na cama e na cadeira de rodas, recuperando-se de uma delicada cirurgia, o pintor primeiro dedicou-se ao desenho e a ilustração, depois foi mais longe, combinando desenho e pintura em colagens feitas com papeis recortados e coloridos com guache. 



Durante os primeiros dois anos de trabalho, Matisse experimentou cores e formas, utilizando folhas de papel que coloria com vivas e brilhantes cores de guache. Recortava até atingir o resultado que pretendia. O processo de edição do álbum, iniciado em 1942, durou cinco anos. O título foi definido em 1944 e a ideia de incluir texto, em 1946. 

As imagens variam da abstração a figuras de grande vivacidade, mescladas a um texto manuscrito impresso em fac-símile no qual Matisse tece observações sobre assuntos diversos. O próprio autor esclarece que a composição aborda assuntos ligados ao circo, contos populares e viagens, com ritmo identificável aos sons de uma orquestra de jazz.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

EXTRA FAZ CONTAGEM REGRESSIVA PARA A BLACK FRIDAY COM OFERTAS ANTECIPADAS

FORTALEZA SEDIA PELA PRIMEIRA VEZ 11TH ABCI CONFERENCE

FUÁ DA SIL COMEMORA 2 ANOS